Doutor Estranho
No Multiverso da Loucura

Doutor Estranho 2

Bem-vindos aos devaneios do multiverso da minha cabeça, onde vou trazer pra vocês minha opinião sobre Dr Estranho no Multiverso da Loucura e mais algumas opiniões, afinal o MCU está tão grande que mesmo eu como fã e nerd doente não imaginava que chegaríamos onde estamos nem nos meus mais loucos devaneios.

Mas chega de enrolação né? O filme é bom? Correspondeu ao hype? Teve muitas surpresas e aparições? Foi toda essa loucura mesmo que a internet criou?

Pois bem Dr Estranho é com certeza um bom filme do diretor Sam Raimi, aliás um diretor que já mostrou que sabe usar sua experiência em filmes de terror e aplicar no gênero de super heróis, refiro-me claro a Homem-Aranha 2, em especial a maravilhosa cena do despertar do Dr Octopus, mas aqui neste, digamos que os elementos “ajudam” a criar o clima mais sombrio, afinal personagens que usam magia e enfrentam demônios devem facilitar na criação de um clima de terror em comparação com Homem-Aranha 2.

É claro que isso não tira o mérito do filme e menos ainda do diretor, pois com uma estrutura ligeiramente diferente e também uma pitada de liberdade criativa Sam Raimi fez um filme que ainda não tínhamos visto no mainstream do MCU. Quando digo que ainda não tínhamos visto quero dizer que ele não é o filme Marvel de sempre, e aviso que vai ter gente reclamando, mas a culpa é dele próprio, o Mephisto? Não, Kevin Feige, que doutrinou o público com sua receitinha de bolo.

Dr Estranho é uma grandiosa aventura do mago supremo, visualmente incrível (como era de se esperar), com os elementos de terror que nos foi prometido, com algumas surpresas no mínimo inusitadas, outras esperadas pelas especulações dos fãs, e outras ainda (a maior na minha opinião) entregues de bandeja no trailer acabando com o que poderia gerar um grande “Momento Ultimato” com o cinema tremendo ao ouvir o nome Illumimati e vendo a clássica cadeira amarela entrar no grande salão, uma pena…

Benedict Cumberbatch teve seu Stephen Strange sendo ainda mais supervalorizado como um grande super-herói, enquanto Elizabeth Olsen ao meu ver tem sua Feiticeira Escarlate sendo achatada e involuindo como personagem, confesso que isso me incomodou um pouco pois esperava ver a personagem “recuperada” após os eventos de Wandavision, afinal sua psique nos quadrinhos é algo muito confuso e oscilante, mas isso não me pareceu acontecer neste filme.

O ritmo do filme é relativamente rápido, acontecimentos importantes se desenrolam sem muitos rodeios, por isso também alguns personagens têm menos tempo de tela do que gostaríamos, neste ponto claro espera-se do expectador um background, pois como eu disse lá em cima o MCU está cada vez mais extenso juntando filmes e séries. Os fãs devem, já a algum tempo, estar percebendo que as famosas cenas pós créditos não necessariamente tem feito link com outros filmes ou personagens dando a entender que isso vai culminar em um grande evento final como Vingadores Ultimato, os novos filmes têm ficado dentro de seus próprios universos, Dr Estranho não é diferente, ele se basta em si, mas claro se você conhecer outras produções e personagens vai aproveitar ainda mais.

Foi pra mim, menos surpreendente e grandioso do que poderia ter sido, aparentemente a Marvel não quis usar este filme para criar as grandes conexões que poderia ter feito, esse multiverso não foi essa loucura toda e confesso que isso me decepcionou um pouco, talvez eu mesmo tenha criado uma expectativa para o que poderia ter acontecido no filme, mas claro vá, aproveite, se divirta, tire suas conclusões e venha aqui compartilhar com a gente o que você achou 😉.

Doutor Estranho – No Multiverso da Loucura está em cartaz nos cinemas 😉
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

2 respostas para “Doutor Estranho
No Multiverso da Loucura”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

SOBRE

GEEK TRIP

Agência de viagens especializada em experiências temáticas e imersivas!
Lugar dos apaixonados por Entretenimento e Cultura Pop.

ARTIGOS RECENTES

Trem-Bala

Salve Geeks! Assistimos a “Trem-Bala”, novo filme de Brad Pitt dirigido por David Leitch e vamos trazer aqui as nossas impressões. E já adianto a vocês, eu me diverti demais!

Leia mais »

Elvis

Salve Geeks! Hoje é dia mundial do Rock, coincidência ou não, é o dia que antecede o lançamento do filme que conta um pouco sobre a vida do Rei do Rock, Elvis Presley.
Nós já assistimos ao filme e hoje vou falar um pouco sobre o que eu considerei um dos melhores do ano até aqui!

Leia mais »

Thor
Amor e Trovão

Salve Geeks! Fomos assistir a Thor Amor e Trovão e vamos trazer aqui as nossas primeiras impressões, sem spoilers.

Leia mais »
COMPARTILHE
Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter